O caderno Link, do jornal Estadão, trouxe no dia 18 de outubro uma reportagem sobre o cálculo para definir o peso da importação no preço final do novo iPhone, da Apple. A matéria contou com a participação da equipe do Zilveti Advogados, que elaborou um estudo para explicar a composição do preço do smartphone no país.

A reportagem é do jornalista Guilherme Guerra, e aborda não só a análise sobre como taxas de importação e impostos incidem no valor do aparelho, bem como estratégias de marketing possíveis adotadas pela Apple em território nacional.

O valor ao qual o estudo chegou — após o cálculo dos encargos — foi de US$ 699 (valor final do produto), quantia equivalente a aproximadamente R$ 5,5 mil no Brasil. Para o cálculo, foi levado em conta o modelo iPhone 11 com 64 GB de armazenamento.

Para ler a reportagem completa, acesse: https://link.estadao.com.br/noticias/gadget,por-que-o-iphone-e-tao-caro-no-brasil,70003054158