O jornal O Estado de S. Paulo publicou nesta semana uma reportagem estimando o impacto do novo imposto que unificaria IPI, PIS, Cofins, ICMS, ISS e outros.

Segundo a matéria, o Ministério da Economia prevê que a proposta defendida pela Câmara dos Deputados de unificação de impostos federais exige a fixação de 30% da alíquota ou mais para o novo Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) que refletiria sobre o consumo.

A proposta de emenda constitucional discutida pelos deputados é de autoria do parlamentar Baleia Rossi (MDB-SP), baseada nas sugestões e estudos feitos pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF).

O texto em discussão entre os congressistas aborda a ideia de extinguir impostos citados e, no lugar deles, seria criado um imposto sobre o valor agregado de competência estadual e um imposto sobre bens e serviços específicos, de competência federal.

(Fonte: Estadão e InfoMoney)

Conheça nossa equipe e fique por dentro das nossas redes sociais!

Instagram.com/ZilvetiAdvogados